Páginas

sábado, 2 de junho de 2012

Meus ricos 5€...

Como as dores no dedo do pé não passam e eu já ando farta de tanta dor e de andar a coxear, já para não falar que praticamente não consigo calçar nada, e por isso até tive de ir comprar umas sandálias à hora do almoço nos chineses(único sitio aberto, mas nem são feias, amanhã mostro fotos), porque pelos vistos é proibido conduzir de chinelos e eu sinceramente também não conduzo muito bem com eles, decidi ir à farmácia.

Na farmácia disseram-me para ir ao centro de saúde, coisa que eu evito ao máximo, mas lá fui.

Serviço de atendimento de senhas, UMA VERGONHA, com tanta gente desempregada, parece que escolhem os mais mal encarados para fazer atendimento ao público!

Tempo de espera, óptimo, esperei 2minutos para ser atendida, única coisa positiva.

Entrei dentro do consultório e não estava lá um médico, estava uma besta.

Não me mandou entrar, não me mandou sentar, não olhou para mim, mal me olhou para o dedo, mexer nem pensar(também não queria aqueles cascos no meu pézinho de princesa) não tirou os olhos do pc, zurrou apenas um "Não há nada a fazer!"

Ao que eu respondi: "Desculpe lá, mas eu estou cheia de dores desde quarta-feira portanto tem de haver alguma coisa a fazer."
 Ao que ele me passa uma receita para as mão. A receita era de ibuprofeno, eu disse que era alérgica e ele zurrou de forma um pouco rude:

"Então tome bennuron!"

Fez-se silêncio...................................................................................................................................................................................................................................................................

Depois de tanto silêncio eu calculei que a consulta tinha acabado, atirei.lhe a receita para a mesa e fui-me embora sem dizer nada. (Normalmente sou bem educada, mas perante a situação achei melhor sair sem abrir a boca, senão ia sair asneirada)

Já tomei o Bennuron, continuo com dores... e com menos 5€ na carteira!

Xoxo Ritinha


18 comentários:

  1. AHAHAH amei a imagem, não havia melhor para retratar a situação! Eles (médicos) em consultas abertas são umas verdadeiras bestas... temos o direito de reclamar a sério, e já tive para o fazer por um motivo muito grave, mas de que vale... rios de dinheiro e eles continuam a ganhar milhares todos os meses! Medicina também devia aliar pessoas com ética. Ponto! Quanto aos 5eur, não tens direito à cena da insuficiência económica? Informa-te! Ainda hoje recebi a carta a dizer que estou isenta até Setembro pelo -, porque preenchi uns papéis. Pensava que não dava, mas dava. Ao menos isso. Podes consultar aqui, não sei é se está actualizado mais vale ires mesmo ao centro de saude: http://www.portaldasaude.pt/portal/conteudos/informacoes+uteis/taxas+moderadoras/requerimento+isencao.htm

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, eu não sei se tenho direito, mas vou.me informar, até porque o meu irmão não está a trabalhar, e se eu não tiver direito, ele pelo menos tem!

      Eliminar
  2. Isso é o que acontece aqueles meninos que têm altas médias e, automaticamente, acham que o futuro deles é a medicina, independentemente de terem ou não vocação! De qualquer maneira, se não melhorares tens mesmo de consultar outro médico. E um decente!

    ResponderEliminar
  3. Fogo! Belo profissional...
    Ai eu tinha-lhe dito alguma antes de sair!

    ResponderEliminar
  4. Que tristeza!
    Por aqui é igual, o meu irmão andou e ainda anda um bocado doente, perdeu imenso peso e já foi não sei quantas vezes ao médicos e demorou imenso tempo para lhe passarem exames.

    ResponderEliminar
  5. Já se sabe como é a saúde neste país :( pelo menos no público! Que estranho essa dor do pé... :S tenta ir a um médico mais específico se tiveres possibilidade..pode ser mais caro, mas se calhar resolve-te logo o problema!

    ResponderEliminar
  6. Que tristeza! Esse sr dr devia ser expulso, ir para o desemprego, era o que merecia, onde já se viu, nem se dignou a receitar alguma pomada também, para receitar ben-u-ron era melhor estar quieto! Enfim... que gentalha!
    Tenta consultar outro médico, mas desta vez certifica-te que é profissional!
    As melhoras minha querida!
    Bom fim de semana!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  7. Sim, por vezes apanhamos uns otários que mais parece que compraram o curso.

    ResponderEliminar
  8. Aquilo não tinha livro de reclamações?! É que comigo não saía de lá sem uma reclamação de pelo menos duas páginas! De qualquer maneira, se não me engano, tens 6 meses para reclamares no hospital pela pseudo-consulta que te fizeram. Não te deixes ficar moça!
    Bjs*

    ResponderEliminar
  9. Um dia uma besta dessas atendeu a minha mãe, que tinha escorregado e caído de lado em cima de um balde emborcado.
    Não tinha nada... dois dias depois foi ao hospital e tinha duas costelas fracturadas.

    ResponderEliminar
  10. Já me aconteceu o mesmo, fui "atendida" apenas com gestos, enquanto o senhor discutia ao telemóvel quando é que podia ir buscar o equipamento de mergulho porque ia entrar de férias. Vergonhoso,e só não fiz reclamação porque me estava a sentir mesmo muito mal e não queria mais chatisses.

    Quando ao não se puder conduzir de chinelos, penso que essa lei não foi para a frente.
    ;)

    ResponderEliminar
  11. Havias de lhe ter re4spondido à letra!!!
    Gente parva!

    ResponderEliminar
  12. Alguns médicos pensam que são senhores do mundo, uns grandes mal educados é o que são e muitas vezes estão a atender-nos até parece que nos estão a fazer um grande favor. Como se não fossem pagos para exercer a profissão, e muitas vezes bem pagos. Maus profissionais é o que são. E lá ficas-te tu com as dores e com menos dinheiro. Realmente, devias era ter apresentado queixa na recepção do centro de saúde.
    As melhoras, Ritinha .

    ResponderEliminar
  13. Fogo, há cada um!!! Se fosse a ti tinha feito queixa dele! As melhoras

    ResponderEliminar
  14. Vim só comentar o facto de conduzir ou não de chinelos... Não há nada que te diga como podes ou não podes conduzir... Podes conduzir de chinelos, descalça, de pernas cruzadas, a fazer o pino... Desde que nada disso ponha em perigo a tua segurança e a dos demais.

    ResponderEliminar

Comentários fofinhos para a Ritinha